segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Último post de 2008 - Feliz Natal e um ótimo ano novo!!!


Pois é pessoal, mais um ano termina!!!

Quero agradecer a todos(as) que acompanharam o blog desde sua criação. Espero que tenham aprendido algo bom por aqui, espero mais ainda que tenham alcançado suas metas para 2008.

Desejo a cada um que gasta um pouco do seu tempo aqui, um feliz Natal e um ótimo ano novo repleto de realizações e conquistas.

Nesse pouco tempo que criei o blog, minha intenção foi divulgar um pouco mais o nosso esporte sagrado, ajudando os que já treinam e quem sabe divulgar ainda mais o nosso esporte. Sempre procurei postar matérias de boa qualidade, e pra minha surpresa acabei aprendendo muito com isso pelo simples fato da busca de novas informações.
Certa vez eu disse aqui que me perguntaram o por que de escrever um blog. Hoje eu respondo com muita clareza: Meu intuito foi que pessoas aprendessem com isso da mesma forma que meus professores de musculação me ensinaram e ainda ensinam. Hoje vejo que na intenção de ajudar, acabei ajudando a mim mesmo.
Esse é o último post do ano de 2008. Desde a criação do blog no mês de junho, conseguimos obter mais de 21000 visitas desde que coloquei o contador aqui no blog. Mais uma vez eu me surpreendi com isso, confesso que não esperava. Creio que vários de voçês me ajudaram a divulgar o blog, os amigos do Orkut, Dihitt e até o Msn que eu tanto critico. (Não critico só por criticar, já foi provado que o uso disso acaba deixando a pessoa meio lesada, hehehe)
Façam suas metas para 2009. Pode parecer besteira isso mas não é. Escrevam o que tanto desejam, deixem em um canto de seus quartos, no banheiro, na cozinha, enfim, em qualquer lugar onde possam ver e se lembrar a cada instante. Desejem ser o melhor sempre, mas não queiram passar por cima dos outros a todo custo, o verdadeiro vencedor vence a si mesmo a cada dia, e não os outros como muitos pensam. Lembre-se que você é forte, mas existem pessoas mais fortes que você que brigaram bastante pra chegar onde estão. Seja humilde, ajude quem puder e assim estará ajudando a você mesmo. E o principal: Procure se espelhar no maior símbolo de força de todos os tempos, o nosso amigo JESUS CRISTO.
Portanto quero que no ano que se inicia, todos possam atingir suas metas, seja no nosso esporte ou em qualquer área de suas vidas. Quero que todos tenham muita determinação, garra, perseverança e que JAMAIS desanimem perante a uma dificuldade.
Todos nós nascemos VENCEDORES. Durante nossa vida cabe somente a nós se vamos continuar assim ou não.
Que o ano que começa seja um ano de vitórias a todos nós!!!
Forte abraço a todos(as) e mais uma vez, meus sinceros agradecimentos.
Landerson.

sábado, 20 de dezembro de 2008

Série sobre suplementos - BCAA da Dynamic Lab

Benefícios - BCAA Dyn (GRÁTIS Porta-Cápsulas):
Com adição de vitamina B6, para otimizar a absorção dos aminoácidos pelo organismo
3g de proteína por porção
Fonte de energia anticatabólica
Rápida recuperação muscular
Ajuda a retardar a fadiga Protege contra o catabolismo (quebra de proteínas)
Favorece a síntese de proteínas musculares

Informações - BCAA Dyn (GRÁTIS Porta-Cápsulas):
OS BCAA's, também conhecidos como aminoácidos de cadeia ramificada, são aqueles aminoácidos que o organismo não é capaz de produzir e devem, portanto, ser ingeridos através de alimentos e/ou suplementos. Os BCAA's constituem cerca de 30% da massa muscular total de um indivíduo, sendo assim, sua reposição em atividades de endurance, resistência ou força se torna fundamental para um bom rendimento e rápida recuperação. Estes aminoácidos atuam de forma importante nas reações de produção de energia em atividades aeróbicas e na construção, reparo e recuperação muscular nos treinamentos de resistência.

BCAA Dyn:
Para otimizar e facilitar a absorção e metabolização dos aminoácidos nas células, BCAA Dyn adiciona em sua fórmula vitamina B6, fundamental no transporte dos aminoácidos para o interior das mesmas. BCAA Dyn fornece 3g de proteínas por porção, cuja metabolização acontece diretamente no músculo, fornecendo energia anticatabólica, evitando os mecanismos de fadiga e favorecendo uma rápida recuperação muscular, para quem pratica treinos intensos e em curto intervalo entre sessões.

Forte abraço a todos(as) e ótimos treinos.

FISICULTURISMO.COM.BR - Saiba tudo sobre anabolizantes, suplementos alimentares, revistas de musculação, séries, hipertrofia, perda de peso e mais!



Série sobre suplementos - GH Pro da Arnold Nutrition

Benefícios - GH Pro:
Advanced GH Releaser
GH Pro Bioactive Protein Peptide Matrix®
Embalagem Econômica: 180 tabletes
Produto Importado

Informações - GH Pro:
O hGH tem atraído a atenção de muitos atletas amadores e profissionais, bem como de fisiculturistas pelo aumento da performance e crescimento muscular. Seus efeitos anabólicos/anti-catabólicos incluem o aumento da retenção de nitrogênio, aumento da síntese de proteína, e redução do catabolismo da proteína. O hGH pode promover a perda de gordura através da lipólise e pela troca da produção de energia por utilização de gordura.

Estudos sugerem que um aporte otimizado de aminoácidos obtidos por meio de fontes protéicas aumenta o nível plasmático de GH de forma natural no organismo. Pesquisadores concluíram que alguns deles intensificam a liberação de hGH nos exercícios (1).

Estudos indicam que os exercícios, especialmente o treinamento de força, também aumenta a concentração sérica de GH. A atividade física estimula a secreção do hormônio de crescimento (GH) que tem efeito anabólico direto ou indireto, via fator de crescimento semelhante à insulina 1 (IGF-1) (2).

GH Pro:
Arnold Nutrition GH Pro possui uma fórmula desenvolvida com precursores que atuam em sinergia para obtenção dos melhores resultados. O Arnold Nutrition GH Pro é um produto que está fazendo um enorme sucesso. Ele faz parte de uma nova geração de suplementos nutricionais conhecidos como "nutracêuticos" que utilizam a mais avançada tecnologia farmaco-nutricional. O GH Pro é um produto seguro e eficaz, sendo uma excelente opção para as pessoas que querem resultados reais nos seus exercícios e de maneira saudável. GH Pro não contem substância de uso controlado ou restrito, podendo ser utilizado por fisiculturistas e atletas das mais diferentes modalidades esportivas.

O GH Prose diferencia dos outros GH's disponíveis no mercado porque ele possui o "GH Pro Bioactive Protein Peptide Matrix®", um blend de proteínas de super rápida absorção e muito mais eficiente que a utilizada em outros produtos. O GH Profaz parte da nova geração de suplementos dos E.U.A. que utilizam em sua fórmula ingredientes que permitam uma absorção muito otimizada, disponibilizando imediatamente os nutrientes para o organismo.

Referências Bibliográficas:
1. Isley WL, Underwood LE, Clemmon DR. Dietary components that regulate serum somatomedin-C concentrations in human. J Clin Invest 1983;71:175-82.
2. Chromiak JA, Antonio J. Use of amino acids as growth hormone-releasing agents by athletes. Nutrition 2002;18:657-61.

Forte abraço a todos(as) e ótimos treinos.

FISICULTURISMO.COM.BR - Saiba tudo sobre anabolizantes, suplementos alimentares, revistas de musculação, séries, hipertrofia, perda de peso e mais!

Whey Protein - Benefícios

Muito além da performance: o whey como ferramenta para prevenção e tratamento de diversas condições e desordens.

Autor: Luis Meirelles

Introdução: Os suplementos de whey foram desenvolvidos cerca de três décadas atrás a partir de um sub-produto da preparação de queijo até então pouco aproveitado: o soro. A partir de então, suas propriedades como otimizador de performance esportiva foram confirmadas e tecnologias cada vez mais adequadas à preservação desta ação biológica desenvolvidas. A partir dos anos 1980, pesquisas na área clínica sugeriram que o whey tem muito mais a oferecer do ponto de vista da saúde do que uma melhora na performance esportiva. Ao longo das duas últimas décadas, diversas evidências científicas vêm sugerindo que os suplementos de whey podem ter efeitos em diversas desordens degenerativas, no envelhecimento e outras condições clinicamente críticas. Nesta monografia, as evidências da literatura científica neste sentido serão revisadas à luz da hipótese a seguir.

Hipótese: Os mesmos mecanismos fisiológicos que fazem do whey um agente anti-catabólico e pro-anabólico otimizador de performance esportiva fazem deste suplemento uma ferramenta para a prevenção e tratamento de desordens variadas.

Whey, composição e características: As principais proteínas do soro são a b-lactoglobulina e a a-lactalbumina; as proteínas secundárias do soro incluem as proteose-peptonas, as proteínas do sangue e a lactoferrina. As proteínas de soro são de fácil digestão e seu perfil de aminoácidos essenciais atende ou supera todas as exigências qualitativas e quantitativas estabelecidas pela Organização de Alimentos e Agricultura/ Organização Mundial de Saúde (Food and Agriculture Organization/World Health Organization (FAO/WHO). Há muito reconhecidas como fontes protéicas de alta qualidade, as proteínas individuais fabricadas nos EUA também se caracterizam pelo conjunto dos atributos funcionais e nutricionais que devem ser levados em consideração pelas pessoas responsáveis pelo desenvolvimento de produtos. O desenvolvimento e o aperfeiçoamento das tecnologias de separação e purificação permitiram aprofundar os conhecimentos sobre os efeitos imunomodulatórias das proteínas individuais do soro. Animais alimentados com rações elaboradas com soro como fonte principal de proteína resistiram muito melhor ao câncer induzido por substâncias químicas do que animais alimentados com soja ou caseína.
Existe uma relação direta entre as características funcionais e nutricionais das proteínas de soro e sua estrutura e funções biológicas. Cada tipo de proteína possui várias destas características.
A b-lactoglobulina representa aproximadamente 50% do teor total de proteína de soro de leite bovino. Esta proteína liga cálcio e zinco e sua seqüência apresenta homologia seqüencial parcial com determinadas proteínas capazes de ligar retinol. A cadeia de b-lactoglobulina possui vários pontos de ligação para minerais, vitaminas liposolúveis e lipídios. Estes pontos de ligação podem ser usados para incorporar compostos lipofílicos desejáveis como tocoferol e Vitamina A em produtos com baixo teor de gordura.
A a-lactalbumina representa aproximadamente 25% do teor total de proteínas do soro de leite bovino. Setenta porcento da proteína encontrada em leite humano têm as mesmas características da proteína de soro, e a a-lactalbumina representa 41% disso. A a-lactalbumina representa portanto 28% do teor total de proteína do leite humano. A adição de a-lactalbumina tem sido ardorosamente defendido como forma de “humanizar” fórmulas infantis e criar outros produtos para pessoas que consomem ou podem ingerir apenas quantidades limitadas de proteína.
A albumina sérica e as imunoglobulinas são proteínas introduzidas no leite pelo organismo dos animais e que podem ser recuperadas. Estas duas proteínas são consideradas proteínas menores ou secundários por estarem presentes em quantidades muito pequenas. A albumina sérica liga ácidos graxos e outras moléculas pequenas. As imunoglobulinas incluem IgG1, IgG2, IgA e IgM e estas proteínas reforçam a imunidade passiva de crianças e outros consumidores. As imunoglobulinas são encontradas no colostro em concentrações maiores do que em leite comum. A lactoferrina e a lactoperoxidase são duas outras proteínas do soro. A lactoferrina é uma proteína capaz de ligar e transportar ferro e promove a absorção de ferro sem provocar constipação em crianças pequenas, como ocorre com os suplementos inorgânicos de ferro. Por estas razões, a lactoferrina é amplamente usado no Japão, na Coréia e em outros países asiáticos em fórmulas infantis. A lactoferrina ainda possui outras características, incluindo efeitos antioxidantes, fortalecimento do sistema imunológico e efeitos anti-câncer. A lactoferrina também é uma substância imunomoduladora e é o principal fator da resistência a doenças nãoespecíficas da glândula mamária. Mais importante ainda, depois que a lactoferrina liberou o ferro deixando-o disponível para ser absorvido pelo organismo, a proteína pode então passar a ligar o ferro livre presente no trato digestivo. Esta capacidade de ligar o ferro inibe o desenvolvimento de microflora indesejável e promove a atividade da microflora desejável no trato intestinal mediante a inibição de enterobactérias patogênicas. A atividade bacteriostática da lactoferrina está senso estuda visando o uso potencial da substância como conservante. A lactoferricina, um peptídeo básico derivado da lactoferrina, protege o organismo contra o crescimento e a proliferação de microrganismos intestinais patogênicos. A lactoperoxidase é uma enzima que degrada o peróxido de hidrogênio. Este componente nutracêutico do leite e de produtos de soro é uma enzima com propriedades antibacterianas. A lactoperoxidase tem sido objeto de vários estudos visando sua utilização como meio de controlar o desenvolvimento da acidez e mudanças de pH durante a estocagem refrigerada de iogurte37 A lactoperoxidase também está sendo estudada quanto à possibilidade de ser utilizada como conservante natural. Em combinação com outros conservantes, a lactoperoxidase é usada como ingrediente em pasta de dente para combater cáries. O glicomacropeptídeo (GMP), a porção glicolisada de caseínomacropeptídeo (CMP), está presente em soro doce após a degradação da a-caseína e a precipitação da caseína pela renina. Esta proteína já não é mais encontrada no soro ácido que se forma quando as caseínas são precipitadas pela redução do pH a 4.6.
O glicomacropeptídeo pode suprimir o apetite estimulando o pâncreas a liberar o hormônio cholecistokinina (CCK). Além disso, o glicomacropeptídeo altera a produção de pigmentos pelos melanócitos, atua como prebiótico e tem atuação imunomoduladora. A atividade fisiológica de GMP depende do grau de glicolisação. O Japão e a Europa foram os pioneiros no uso de soro como fonte de muitos compostos com propriedades medicinais. Várias funções ou atividades fisiológicas têm sido descobertas ou atribuídas às proteínas e aos peptídeos secundários do soro. Estes componentes podem aumentar a proteção passiva contra infecções; modular processos digestivos e metabólicos; e atuar como fatores de crescimento para diferentes tipos de células, tecidos e órgãos. Os componentes do soro com potencial para serem usados em produtos comerciais incluem a a-lactalbumina, a Beta-lactoglobulina, a albumina sérica bovina, as imunoglobulinas, a lactoferrina e a lactoperoxidase. Muitos destes componentes possuem atividade biológica que pode ser aproveitada com grandes vantagens em produtos nutracêuticos ou antimicrobianos, sobretudo substâncias resultantes da degradação ou digestão das proteínas do leite definidos como peptídeos bioativos, tais como as exorfinas (casomorfinas), os fosfopeptídeos e os imunopeptídeos. As seqüências dos peptídeos bioativos encontram-se em estado inativo quando inseridas na cadeia polipeptídica da proteína de soro intacta. Estes peptídeos, liberados durante a digestão intestinal das proteínas de soro, podem estar envolvidos na regulação da entrada de nutrientes e influenciar o metabolismo pospandrial através a estimulação de hormônios. Os benefícios terapêuticos das proteínas de soro também podem ser resultado da produção de peptídeos bioativos durante a fermentação. Em um estudo no qual proteínas do leite foram separados e fermentados, a a-lactalbumina inibiu a divisão de células da cultura láctea, ao passo que os peptídeos provenientes de caseína fermentada não apresentaram o mesmo efeito. A redução da proliferação de células causada por este tipo de peptídeo bioativo pode ser uma das explicações para a relação que se acredita existir entre o consumo de iogurte e a redução da incidência de câncer do cólon. Em outro estudo, análise do crescimento de células identificou a presença de fatores de crescimento de fibroblastos em frações de soro parcialmente purificadas. Outro componente bioativo detectado no soro é o fator de crescimento neurotrópico prosaposina. A prosaposina, substância precursora das proteínas que ativam o esfingolipídios (as saposinas A, B, C and D), não era associada aos glóbulos de gordura, às micelas de caseína, aos fragmentos de membrana ou às células somáticas, tendo sido localizada exclusivamente no soro. A probabilidade da prosaposina contida no leite bovino beneficiar nutricionalmente as pessoas que consomem leite de vaca ganha força levando-se em consideração o fato de que apenas uma parte de seu segmento saposina C é necessária para a atividade neurotrópica. Maiores esforços de pesquisa serão necessários para comprovar muitos dos efeitos demonstrados in vitro. No entanto, o fato que os efeitos já tenham sido documentados in vitro reforça o potencial para o desenvolvimento de produtos destinados aos mercados de agricultura e biotecnologia. Suplementos de crescimento e peptídeos metabolicamente ativos podem ser usados para controlar ou alterar o crescimento de culturas bacterianas ou qualidades de produção. Tais compostos também poderão ser usados como reagentes em laboratórios de pesquisa ou como componentes de kits para testes clínicos/diagnósticos. Deve ser considerado também o aproveitamento dos efeitos saudáveis do soro e dos componentes do soro para consumidores não-humanos tais como culturas de fermento ou tipos específicos de célula. Provou-se também que os peptídeos bioativos possuem capacidade de introduzir propriedades benéficas à saúde em produtos não-alimentícios tais como cosméticos e produtos farmacêuticos.

SUPRESSÃO DE APETITE

O glicomacropeptídeo é um poderoso estimulante de CCK, um hormônio supressor do apetite que desempenha vários papéis na função gastrointestinal, incluindo a regulação da ingestão de alimentos. Além de ser um regulador da ingestão de alimentos, a CCK estimula a contração da vesícula biliar e a motilidade do intestino, regula o esvaziamento gástrico e estimula a liberação de enzimas pelo pâncreas. Em animais, um aumento da produção e liberação de CCK é seguido por uma grande redução na quantidade de alimentos ingeridos. O consumo de altas doses de proteína leva ao aumento da produção de CCK liberada até que a liberação de protease pancreática (principalmente tripsina) seja compatível com a quantidade de proteína ingerida. A ingestão de soro e caseína por 6 voluntários saudáveis causou um grande aumento na liberação de CCK (J.L. Maubois - conforme comunicado por W. Brink, 1997 International Whey Conference, Chicago, IL). A caseína contém uma concentração de GMP mais elevado do que soro, embora apenas o soro parece influenciar a produção e liberação de CCK. Pesquisas sobre os efeitos de GMP e CCK poderiam levar à utilização de certas proteínas do leite como supressor do apetite e/ou suplemento dietético.

FISIOLOGIA DOS OSSOS

Além de conterem minerais que favorecem o crescimento ósseo, descobriu-se recentemente que a proteína de soro contém também uma fração ativa que estimula a proliferação e diferenciação de osteoblastos (células formadoras de osso) cultivados em laboratório. Se o intestino absorver estes componentes, os mesmos podem desempenhar um papel importante na formação de ossos no homem.

VALOR TERAPÊUTICO EM CRIANÇAS E PESSOAS IDOSAS

As proteínas do soro são amplamente usados em nutrição infantil na forma de fórmulas contendo quantidades predominantes de soro, bem como na forma de hidrolizados de proteína de soro para crianças que sofrem de intolerância à proteína do leite de vaca. Uma área ativa de pesquisa é a que estuda a formação de seqüências peptídicas durante a digestão, bem como seus efeitos sobre a secreção de enterohormônios e o fortalecimento do sistema imunológico. Várias outras moléculas bioativas, tais como os polipeptídeos pluripotentes chamados citokinas que interferem no sistema autocrine/paracrine, são encontradas no leite. Tais compostos constituem objetivos adicionais para purificação e uso em fórmulas infantis. Concluiu-se ser preferível incorporar um complexo protéico à base de proteína de soro a um complexo composto predominantemente por caseína na dieta de recém-nascidos que nascerem com peso muito baixo. Isto se deve provavelmente ao fato da ingestão da proteína de soro diminuir o risco de acidose metabólica e seus efeitos potencialmente adversos. Outro estudo mostrou que uma fórmula contendo hidrolizado de soro constitui uma alternativa aceitável para fórmulas elaboradas com hidrolizado de soja ou de caseína, destinadas a crianças menores de 6 meses cujo sistema gastrointestinal apresenta intolerância a fórmulas infantis contendo quantidades predominantes de leite de vaca e/ou proteína de soro. Restauração ou estimulação do sistema intestinal de pessoas idosos. Uma bebida à base de soro fermentado por Lactobacillus-GG administrado a residentes de um asilo para idosos que se queixavam de problemas com a defecação parece ser capaz de normalizar a consistência das fezes dessas pessoas, não tendo sido observados alterações significativas em termos de freqüência fecal, peso e pH das fezes. Efeitos terapêuticos adicionais serão discutidos nas seções que tratam de produtos probióticos e prebióticos .

ESTIMULAÇÃO DO SISTEMA IMUNOLÓGICO

O sistema imunológico desempenha um papel central na proteção contra infecções causadas por bactérias, vírus, parasitas e fungos e também no combate ao câncer . Qualquer deficiência do sistema imunológico pode expor um indivíduo a um maior risco de contrair infeções ou podem agravar a doença. O sistema imunológico emprega tanto respostas específicas quanto respostas não-específicas para proporcionar proteção contra doenças. Os componentes não-específicos dos sistema de defesa imunológico do organismo (hospedeiro) incluem barreiras fisio-químicas tais como a pele, o muco, a lisozima, complementos e interferons, bem como células assassinas naturais e células fagócitas (imunidade celular), tais como neutrófilos e monócitos/macrofagos. Respostas imunológicas específicas são intermediadas por anticorpos (IgA, IgG, IgM, IgD e IgE) produzidos por limfócitos do tipo B (imunidade humoral), enquanto os limfócitos do tipo T produzem as células T-auxiliador, T-supressor e limfócitos cytotóxicos (imunidade intermediada por células). São insuficientes os dados e conhecimentos científicos existentes sobre o efeito de leite bovino ou de seus componentes sobre o sistema imunológico humano, apesar das células imunocompetentes possuírem receptores para proteínas do leite e peptídeos. Pesquisas básicas nesta área poderiam dar origem a uma série de produtos inovadores. Uma característica aparentemente importante das proteínas do leite é a elevada concentração de cisteína, uma substância da qual se acredita que limita a taxa de síntese de GSH. Acredita-se que os efeitos moduladores das proteínas de soro sobre a produção da GSH estejam na origem das propriedades imunológicas e algumas das propriedades antioxidantes das proteína de soro. Em animais, rações enriquecidas com proteínas de soro melhoraram o desempenho imunológico, bem como ocasionaram um aumento das concentrações de GSH no baço, mas estes efeitos foram atenuados depois que os animais foram tratados com um inibidor de GSH. Estudos com animais também demonstraram que concentrados de proteínas de soro administrados por meio da alimentação potencializam as respostas humorais e intermediadas por células do sistema imunológico.

PROPRIEDADES ANTIOXIDANTES

A capacidade das proteínas de soro de melhorar as defesas antioxidantes do organismo e reduzir a carga de oxidantes está surgindo como uma das mais promissoras contribuições para a saúde em geral. Atualmente, acredita-se que exista uma ligação entre a virulência viral e a passagem de formas não-virulentas por organismos com status antioxidante comprometido. Isto é especialmente verdade no caso de alguns países asiáticos onde homens, porcos e aves convivem em estreita proximidade, o que cria condições ideais para recombinação viral entre as espécies e conversão a formas virulentas. Várias pesquisas demonstraram repetidas vezes que selênio e Vitamina E impedem a conversão de vírus em genotipos virulentos. Este efeito é nãoespecífico porque parece estar relacionado com uma suscetibilidade maior a oxidantes ou a uma baixa capacidade de defesa contra oxidantes, o que faz com que fatores que agem como antioxidantes ou que reduzem a geração de oxidantes biológicos possam produzir efeito protetor. Do ponto de vista nutricional, os produtos de soro favorecem estabelecimento de ligações ativas entre a lactoferrina e metais, promovem o crescimento de microbiota desejável e saudável e melhoram o status de GSH. Embora agindo de forma indireta, a imunidade passiva contra infecções no lúmen intestinal proporcionada pelas imunoglobulinas, enzimas (lisozima, lactoperoxidase), a lactoferrina, a casocidina, a isracidina ou caseína macropeptídeos encontrados no soro também pode interferir na redução de cargas oxidantes geradas por inflamações. As imunoglobulinas participam da defesa passiva do organismo dos jovens e resistem, em parte, à degradação no lúmen intestinal. A lactoferricina, um peptídeo separado da lactoferrina pela pepsina, exerce in vitro efeitos antibacterianos que são eficazes tanto contra bactérias quanto contra leveduras, uma propriedade relacionada com a capacidade da substância de ligar ferro. A lactoferricina também possui atividade antimicrobiana que é conseqüência de uma interação direta entre a lactoferricina e a superfície da bactéria. A lactoferrina liga ferro e fornece os meios tanto para criar formas estáveis de ferro quanto para eliminar ferro livre que poderia catalisar reações oxidantes. Administradas por meio da alimentação, a proteína de soro, a lactoferrina e soro multifermentado tiveram todos bom desempenho como inibidores de tensão oxidante em ratos, mesmo a baixos níveis de Vitamina E alimentar.

ATIVIDADES ANTICARCINOGÊNICAS

Estudos epidemiológicos indicaram que pessoas que consumem leite regularmente correm menor risco de câncer do cólon e reto do que as pessoas que nunca consomem leite. Cálcio e vitamina D, principalmente quando provenientes de leite, foram identificados como substâncias que fornecem proteção contra o câncer colorectal. Em um estudo recente, 30 gramas de um concentrado de proteína de soro (Immunocal) foi administrado diariamente via alimentação a 7 pacientes com carcimona no peito, pâncreas ou fígado. Os tecidos normais e os cancerosos tiveram respostas diferentes à ingestão do concentrado de proteína de soro em temos de status de GSH. As elevadas concentrações iniciais de GSH nos limfócitos do sangue, as quais refletiram altos níveis de GSH nos tumores, se normalizaram em 2 dos pacientes que apresentaram sinais de regressão do tumor. Estes resultados indicam que o concentrado de proteína de soro pode ser capaz de retirar todo GSH do interior das células do tumor, tornando-as mais vulneráveis à quimioterapia. Estudos epidemiológicos e experimentais sugerem que produtos lácteos podem exercer um efeito inibidor sobre o desenvolvimento de diversos tipos de câncer. Experimentos realizados com roedores indicaram que a atividade anti-tumor dos produtos lácteos se deve à fração protéica do leite e mais especificamente às proteínas do soro. AIDS/HIV. O isolado de proteína de soro é tido em tão alta conta pela profissão médica que é usado no tratamento de pacientes de AIDS/HIV. O soro aumenta níveis deficientes de GSH e portanto fornece de forma indireta uma substância antioxidante extremamente importante envolvida na manutenção da integridade funcional e estrutural de tecido muscular que danos causados por reações oxidantes durante exercícios físicos ou que ocorrem com o avanço da idade. O vírus da AIDS/HIV precisa de baixos níveis de GSH para se replicar e existe uma relação antagonística entre o vírus e o GSH, isto é, baixos níveis de GSH celular permite ao vírus se multiplicar, ao passo que altos níveis de GSH reduz drasticamente a replicação do vírus. Nas células cujo status de GSH havia sido melhorado após a ingestão de concentrado de proteína de soro houve uma diminuição substancial da atividade viral. Quanto mais elevado o nível de GSH nos linfócitos (células do sistema imunológico) de pacientes de AIDS/HIV, maior sua sobrevida.

Conclusão: Embora os mecanismos celulares envolvidos sejam complexos e variados, a base da ação biológica única do whey como suplemento protéico parece estar associado aos sítios de cisteína expostos que levam a um aumento da GSH em níveis tais que explicam todos os efeitos clínicos observados.

Forte abraço a todos(as) e ótimos treinos.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Fisiculturistas em OFF Season

Fotos dos grandes fora da temporada de competição. Avaliem a diferença!!!!


Lee Priest

Dorian Yates

Sergio Oliva
O Mestre Arnold

Coleman

Greg Kowakso

É isso pessoal, agora imaginem como eles conseguem sair de um físico assim e conseguir aquele shape descomunal cerca de 1 mês antes das competições.

Forte abraço a todos(as) e ótimos treinos.





























Fotos - Dorian Yates

Algumas fotos do cara que considero ser um dos melhores.


É isso, o grande Dorian Yates.

Forte abraço a todos(as) e ótimos treinos.






























Manisfesto contra a Anvisa

No post anterior eu relatei o que está acontecendo. Sim!!! A maldita Anvisa querendo proibir mais suplementos, alegando não terem eficácia comprovada. Já não basta a novela Creatina, agora querem que a Whey Protein, Isotônicos e Cia Ltda tomem o mesmo destino.

Que bela palhaçada, é isso mesmo, PALHAÇADA!!! Desde quando algum orgão tem ou não o direito sobre decisões que nos afetam?

Em primeiro lugar, gostaria de parabenizar as associações ABENUTRI e ABIAD pelo tom mais incisivo diante dos abusos da ANVISA na questão dos suplementos para praticantes de atividade física.

Em seus 10 anos de criação, esta autarquia tem ganhado poderes que estão se tornando incontroláveis. O governador José Serra nos legou um filhote de dragão, que com seu rápido metabolismo, a base de multas e taxas extorsiva, tornou-se um adulto voraz.

O impasse em torno dos suplementos vai além da questão técnico-científica. É matéria para a Comissão de Constituição e Justiça. Foi o que aconteceu nos EUA em decorrência dos abusos do FDA. O Food and Drug Administration abusou tanto de sua autoridade que o congresso americano se viu forçado a legislar acima da autarquia, tornando suplementos intocáveis por este órgão.

Estamos trilhando o mesmo caminho! Primeiro foram os fitoterápicos, o chá de carqueja, a homeopatia, a própolis, o gelzinho para desencravar unha do Dr. Scholls, a propaganda de qualquer coisa em qualquer mídia, a lavagem de ouvido na farmácia, o iogurte activia, a IDR dos suplementos vitamínicos e minerais rebaixadas à níveis ridiculamente indetectáveis e etc.

Outra questão surrealista é a questão do “pack”. É o mesmo que dizer a um restaurante: “A partir do dia 13/01/2009 vocês poderão vender pratos-feitos constituídos por salada, carne, arroz e feijão. Trabalho científico comprova que não há interação maléfica entre o vinagrete e o lagarto recheado. O cafezinho fica proibido por falta de estudo. Aguardem publicação no D.O.U.” Pelo amor de deus! Que país é esse?

Mais surrealista ainda é a questão do BCAA. Existe comprovação que este alimento não faz mal a saúde. No entanto sua proibição está alicerçada na falta de comprovação de eficácia!! Nós estamos falando de medicamento ou de alimento? Nem alimento funcional ele é! Nós estamos falando de aminoácido essencial!!!

Acredito que depois do BCAA e dos Isotônicos, o próximo alvo da ANVISA será os incensos, os crucifixos, os budistas naturistas, os macrobióticos, o Bispo Edir Macedo, a igreja católica e os centros espíritas. Afinal, todos estão operando curas sem comprovação técnico-científica com estudo duplo-cego. Haja fita para interditar todas as muletas no subsolo da basílica de Aparecida do Norte.

Brincadeiras de lado, em um “Estado de Direito” as leis devem expressar a vontade do povo, não os caprichos de reis, ditadores, militares, líderes religiosos ou partidos políticos auto-nomeados, e muito menos os caprichos da ANVISA.

Ninguém controla a ANVISA. Ela pode tudo. Legislar, fiscalizar, multar, julgar sua defesa, indeferir sua defesa e multá-lo novamente. Pode também te inscrever no CADIN. Tudo isso usando somente critério próprio. Ela também pode acabar com um nicho de mercado inteiro caso queira. E ela já o fez.

Um órgão governamental com tanto poder, deveria, no mínimo, ter sua diretoria eleita por voto direto.

A tão exaltada “Tutela do Estado” nada mais é que um viés fascista e totalitário de nossos governantes. Resquício mofo de nosso militarismo.
Parafraseando o filme “V de Vendeta”: Todo funcionário público deveria temer o cidadão, e não o cidadão seu funcionário público.


Que me perdoem os "patriotas" desse Brasil, terra de ninguém, ou melhor, terra dos "poderosos."

Isso que acontece nada mais é do que um abuso de poder. O governo e entidades que se dizem fiscalizadoras já saebm que o brasileiro tem na genética a parte do DNA que corresponde a levar tudo no rabo. Isso mesmo que eu disse, a maioria dos brasileiros aceitam tudo de boca calada, não reeinvindicam seus direitos e acaba nisso. O brasileiro não se importa se daqui a 10 anos ele irá colacar a mão no bolso e só sentir a perna, não se importa se o governo enfiar até as bolas no seu rabo. Pra que se importar com isso, hoje a noite tem festinha, fim de semana que vem é carnaval, quero mais é me divertir. Claro que não são todos(as) que pensam dessa forma, ainda temos brasileiros que sabem absorver os fatos tais como eles acontecem. A esses não preciso me prolongar, eles simplesmente já entenderam meu recado.

Como diz um amigo que tenho: "No país de carnaval onde só o que importa são dançarinas semi-nuas e festinhas escrotas que nada acrescentam a todos nós, uma proíbição não é motivo pra que a grande população se preocupe."

Lamentável tudo isso, e volto a repetir: Enquanto os Brasileiros se preocuparem somente com coisas vãs, que não levam ninguém a lugar algum, o nosso destino é certo. Pra merda como eles tanto querem.

No post anterior existe links que são pra minefestos, abaixo assinado e protestos. Nós que treinamos todos os dias, e levamos tudo isso muito a sério temos a obrigação de nos manifestar. Eles não podem usurpar um direito que temos. Nós podemos escolher o que iremos comer ou beber. Se será um shake ou um filé grelhado, cabé somente a nós decidir.

Forte abraço a todos(as) e ótimos treinos.
Landerson
e-mail: landersonaxl@msn.com

Ps.: Façam um estoque interminável de suplementos em suas residências, se isso não mudar, a galera que treina vai ter que ficar comendo banana e ovo cru pra tentar compensar.

A partir de 13 de janeiro de 2009, você NÃO vai mais poder:

É pessoal, não faltava mais nada!!! Depois da novela Creatina, dêem uma lida nesse texto:

Você Sabia?

A partir de 13 de janeiro de 2009, você NÃO vai mais poder:

* Beber Gatorade depois de jogar futebol com os amigos, andar de bike ou durante a musculação
* Jantar um Shake saudável em vez de um hambúrguer gorduroso
* Comer um PowerBar ou tomar Whey para ajudar no seu exercício físico

Isso porque, o Ministério da Saúde do nosso país, através da ANVISA, está quase aprovando uma legislação (http://www4.anvisa.gov.br/base/visadoc/ ... 1-0%5D.PDF) que proíbe a fabricação de alimentos para pessoas que PRATICAM ATIVIDADE FÍSICA. Eles acham que esses alimentos são só para ATLETAS, que consomem com o objetivo de COMPETIÇÃO. Ou seja, para os 99,50% da população brasileira restante, não irão existir suplementos, mesmo que você pratique atividade física regularmente.

A ANVISA não deveria proibir nada. Afinal, vivemos ou não em um país livre? E o nosso direito à escolha? Com certeza a ANVISA deve garantir que todo alimento seja SEGURO PARA O CONSUMO, mas a escolha de consumir ou não deve ser EXCLUSIVAMENTE do cidadão. E além de tudo isso, a ANVISA ainda está proibindo produtos seguros que são consumidos há anos no mundo todo, como BCAA, aminoácidos isolados (carnitina, arginina, taurina...) e isotônicos com vitaminas.

Se você gostaria:

- de ter liberdade na escolha do que vc consome
- de consumir Gatorade, shakes ou suplementos, mesmo sendo um praticante de atividade física que não objetiva competição, junte-se a nós, entre no site e encaminhe já sua OPINIÃO à ANVISA: http://www.abenutri.org ou envie sua opinião para cp60.alimentos@anvisa.gov.br (Se possível com cópia para: abenutri@abenutri.org)

E também argumente no fórum: http://www.anvisa.gov.br/forum/cp/forum ... RUM_ID=421

Antes de aprovar qualquer legislação, nosso país libera uma consulta PÚBLICA. Ou seja, é PÚBLICO!!

Não deixe de expressar sua opinião! E para ajudar, segue um MANIFESTO pronto para ser enviado:

"Prezada ANVISA, vocês têm que fazer uma legislação para todos os praticantes de atividades físicas, e nós é que decidimos se queremos consumir suplementos ou se é possível ter uma alimentação balanceada. Queremos ter essa liberdade de escolha! Não aprovem essa legislação restritiva para atletas que buscam competição ou rendimento. Como vocês irão controlar o consumo somente pelos atletas? Vocês devem avaliar a segurança do alimento, mas não cabe a vocês saber se uma alimentação diversificada é suficiente para um esportista regular. Pensem nisso e mudem com urgência essa legislação!"

E eu que pensava já ter visto quase de tudo... TÁ FODA COMPANHEIROS!!!

Forte abraço a todos e ótimos treinos.

domingo, 30 de novembro de 2008

Imagens do Blog

Há algum tempo venho recebendo pedidos para o envio das imagens que coloco aqui no blog. Algumas estão em boa resolução, outras nem tanto (Universal Nutrition por ex). Nota: Tenho todas as imagens em boa resolução, não sei o por que das mesmas não sairem boas aqui no blog.

Não me incomodo nem um pouco em enviá-las a quem queira, portando pra facilitar, estou criando este post e deixando meu e-mail caso queiram solicitar algumas que sejam do interesse de vocês.

E-mail: landersonaxl@msn.com

Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto que envolva musculação, podem escrever, se eu puder e souber, ajudarei com a maior satisfação.

Forte abraço a todos(as) e ótimos treinos.

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Nutricionista gorda, não pode!

Autor: Luiz Guilherme Abomai

Nutricionista gorda, não pode!

Essa frase não é minha. Pelo menos não foi citada por mim desta vez. No quadro do programa Zorra total da Rede Globo, qual uma atriz obesa faz um papel de uma nutricionista que chama seus clientes de gordos, prescreve dietas com doces, tortas e feijoada. Logo após a consulta, ela abre a sua gaveta repleta de guloseimas e come até não poder mais.

No programa do dia 25 de outubro a atriz Suzana Viera, ao visitar a nutricionista, disse que “Nutricionista gorda, não pode!”. Não acreditei quando eu escutei aquilo. Sim, eu estava vendo Zorra Total, que é tão deprimente como os e-mails recebidos de colegas nutricionistas chocadas com a afirmação da atriz, que segundo elas foi grossa, preconceituosa e infeliz.

Quando esse quadro foi ao ar pela primeira vez, lembro que despertou a fúria do CFN (Conselho Federal de Nutrição), dizendo que o quadro denegria e ridicularizava a profissão e o profissional principalmente. Inúmeros programas humorísticos já satirizaram outras profissões, como médicos, advogados, policiais e arquitetos. Mas por que o CFN ficou tão revoltado quando alfinetaram os (as) nutricionistas? Porque nós nutricionistas não podemos ser parodiados?

Voltamos a celebre frase “Nutricionista gorda, não pode!” E a pergunta é: pode? Lógico que não pode. É tão óbvio é antagônico quanto absurdo. Durante meu curso recordo que ao comer pão integral, peito de peru, whey protein durante a aula, algumas professoras e colegas de sala comentavam: “Nossa, que paranóia, todo dia você come isso todo dia? Como você agüenta?” Enquanto elas comiam salgados, sorvetes durante o intervalo das aulas. Ao ingressar na faculdade de nutrição, achei que estaria em um ambiente onde as pessoas se preocupavam no mínimo com a alimentação. Comecei a questionar que tipos de profissionais estavam lá fora.

Claro que existem objetivos e metas diferentes para cada pessoa, mas quando você trabalha com saúde, em qualquer área, você no mínimo deve dar o exemplo. Não estou dizendo que nutricionistas devem ter corpos esculturais, mas sim pelo menos um aspecto saudável de alguém que acredita no que fala e no que faz.

Isso vale para qualquer profissão. Você se sentiria bem em fazer um treino prescrito por um profissional de educação física obeso, que não gosta de exercícios? Ou sentar em uma cadeira de dentista, que possui um sorriso dente sim, dente não? Ou ser atendido por um pneumologista fumando cachimbo. Por mais que me digam que ele é um ótimo profissional, eu ficaria com os dois pés atrás.

Então agradeço pela primeira vez a Rede Globo, pelo tapa na cara de todos os profissionais que aplicam a nutrição da boca para fora, e dão um péssimo exemplo da boca para dentro. Luiz

Guilherme Abomai
Nutricionista

Como diz minha mãe: "Os bons hábitos começam dentro de casa"
Dar credibilidade a "profissionais" que tem mais tecido adiposo do que massa encefálica? SEM CHANCE!!! Pelo menos de minha parte.

Forte abraço a todos(as) e ótimos treinos.

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Pra descontrair!!!


Um joguinho pra galera descontrair e aliviar as tensões dos treinos.




Forte abraço a todos(as) e ótimos treinos.

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Treinamento de Dexter Jackson - Vídeos

Alguns vídeos sobre os treinamentos e rotina de Dexter Jackson.

Dexter Jackson as an amateur lightweight - http://br.youtube.com/watch?v=Ov6l1bpgi6k&feature=related

Dexter Jackson Mr. Olympia 2007 final posing routine - http://br.youtube.com/watch?v=hw5HjRnRtss&feature=related

Dexter Jackson - http://br.youtube.com/watch?v=KPr7B3d1eWg&feature=related

Dexter Jackson - THE BLADE DVD Preview. - http://br.youtube.com/watch?v=BluY2X_yTzU&feature=related

The Blade Dexter Jackson - Massive Workout - http://br.youtube.com/watch?v=wgGJB46LoRg&feature=related

BFTO 2006- Dexter Jackon part 1 - http://br.youtube.com/watch?v=_TF8IpXECrk&feature=related

BFTO 2006: Dexter Jackon part 2 - http://br.youtube.com/watch?v=f_kpHVZdQIY&feature=related


Forte abraço e ótimos treinos.

Treinamento de Dorian Yates - Vídeos.

Alguns vídeos disponíveis no Youtube sobre treinamentos e rotina de Dorian Yates.

Best of Dorian Yates - http://br.youtube.com/watch?v=x6OGMjwKEgM

Hardcore Training (Dorian Yates) - http://br.youtube.com/watch?v=FE8QYLt0YTE&feature=related

Dorian Yates Weightlifting Video - http://br.youtube.com/watch?v=3vWEsaPB8qA&feature=related

Dorian Yates on his youth(traning) - http://br.youtube.com/watch?v=KtRCSCx2f44&feature=related

Blood and Guts Dorian Yates - http://br.youtube.com/watch?v=aBATxe3DTiQ&feature=related

Dorian Yates bfto 1996 - http://br.youtube.com/watch?v=XV11jcSzBqo&feature=related

Forte abraço e ótimos treinos.

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Treinamento de Jay Cutler - Vídeos.

Alguns vídeos garimpados do Youtube, sobre o treinamento e rotina de Jay Cutler.


BIGGER STRONGER FASTER* Deleted Scene-Mr. Olympia Jay Cutler - http://br.youtube.com/watch?v=vE6uegoRiFk









Forte abraço a todos(as) e ótimos treinos.






COMA NA HORA CERTA! - Treinando pela manhã

Independentemente do horário de treinamento, o que você come durante o dia (ou o suplemento que utiliza) é fundamental para ajudar no desenvolvimento dos músculos e na queima de gorduras. Aprenda a maneira ideal de sincronizar o treino com as refeições.

Pesquisas científicas demonstram que o melhor ho­rário para treinar é a primeira hora da tarde, quan­do o corpo tem mais força e pode queimar mais calorias e, conseqüentemente, mais gorduras. Isso é uma ótima notícia para os atletas profissionais que vivem do esporte.

No entanto, a maioria das pessoas que vive com os horários apertados pode ter problemas em se adaptar a este cronograma.

Nada impede que sejam consistentes em relação ao horário de treinamento: seja de manhã, à tarde ou à noi­te, após os afazeres diários. Esta consistência ajuda não só nos treinos, mas na alimentação também. Observe que pequenas mudanças na dieta, baseadas no tempo de exercício, podem ocasionar uma diferença positiva nos resultados obtidos. Para auxiliar no aumento de ganhos, apresentamos alguns fatores importantes na parte nurri­cional, independentemente do horário de treinamento.

TREINANDO PELA MANHÃ

Se este é o seu caso, fique atento a dois fatores: primeiro, não treine em jejum. Segundo, não treine após encarar um café da manhã em grande quantida­de. Então, o que pode ser feito? Opte por uma refeição líquida, como, por exemplo, uma vitamina. Utilize um suplemento de proteína em pó ao invés de alimentos sólidos. E depois planeje seu dia da seguinte maneira:

SUPLEMENTOS PARA TREINADORES MATINAIS

Planejar as suplementações das sessões matinais pode não ser fácil. Mas este planejamento elimina os problemas do "quando" e o "que", e permite tirar o máximo proveito dos treinamentos.

1 - Quando acordar
Coloque sobre sua mesa um suplemento de Argi­nina ou outro potencializador do Óxido Nítrico (NO) e um copo de água. Tome de 3 a 5 gramas da Arginina quando acordar. Isso potencializará os níveis de NO e, portanto, o fluxo sangüíneo até os músculos durante o tremamento.

2 - Pré-treinamento
Tome uma vitamina com 20 gramas de proteína ­10g da proteína do soro do leite e 10g da soja - com 5 a 10 gramas de aminoácidos ramificados (BCM), 200 a 400mg de Cafeína, 3 a 5 gramas de Creatina (substituir por Óxido Nítrico - NO) e 20 a 40 gramas de carboidra­tos de digestão lenta antes de sair para treinar. Desta forma, interromperá o catabolismo muscular noturno, já que o corpo utiliza a proteína como combustível du­rante o sono.

Pesquisas mostram que, como os níveis de Testos­terona estão muito elevados ao acordar, uma vitamina de proteína e carboidratos potencializa o aporte de Testosterona até o músculo e aumenta o número de receptores deste hormônio nas células musculares. Isso significa dispor de mais hormônio masculino para de­senvolver os músculos.
A combinação de proteína e carboidrato oferece a energia necessária para treinar, e a soja potencializa o fluxo sangüíneo e o NO.

Atenção: não consuma o carboidrato caso queira perder gordura; a proteína é suficiente para cobrir es­tes esforços.
Consumir Cafeína pode aumentar a força e a capaci­dade de treinar. Ingira as doses de 200 a 400mg em for­ma de suplemento de Cafeína ou 1 a 2 xícaras de café.

3 - Pós-treinamento 1
Assim que terminar a última repetição, da última série, tome outra dose de 3 a 5 gramas de Arginina para acelerar a recuperação e favorecer o desenvolvimento muscular.

4 - Pós-treinamento 2
É hora de dar continuidade ao processo de recupera­ção. Aproximadamente 30 minutos após ter ingerido a Arginina, prepare uma vitamina com 40 gramas de pro­teína do soro do leite, 5 a 10 gramas de BCM, 3 a 5 gramas de Creatina (substituir por Óxido Nítrico - NO) e 40 a 80 gramas de carboidratos de digestão rápida.
Este aporte de suplementos inicia o processo de desenvolvimento muscular, conhecido como síntese protéica. Tente fazer isso antes de iniciar o dia de tra­balho.

5 - Pós-treinamento 3
Uma hora após ter consumido o vitaminado pós­treino, chega o momento do verdadeiro café da manhã. Consuma 30 a 40 gramas de proteína magra, como 6 claras de ovos com 2 gemas, peito de frango, carne ma­gra, ou requeijão semidesnatado, e aproximadamen­te 40 gramas de carboidratos de digestão lenta, como aveia, pão integral, fruta ou batata-doce.

REFEIÇÕES PARA TREINADORES MATINAIS

Qual a diferença entre comer muito ou comer pouco antes de treinar no período da manhã? Com estas dicas de refeições, você aumentará seus rendimentos durante os treinamentos e conseguirá resultados mais rápidos.

As dicas abaixo levam em consideração um indivíduo que treina, pesa entre 70 e 90kg, e quer aumentar seu volume muscular e perder gordura. Caso seu peso não seja este, procure ajustar as quantidades de alimentos. Procure ingerir aproximadamente 40 calorias, 3g de pro­teínas, 4,5g de carboidratos e 1,1g de gordura por quilo de peso corporal diariamente.

REFEIÇÃO 1: Pré-treinamento
10g de proteína do soro do leite
10g de proteína da soja
1 laranja grande

REFEIÇÃO 2: Pré-treinamento
40g de proteína do soro do leite
500ml de bebida esportiva (isotônicos)

REFEIÇÃO 3: Café da manhã 2 ovos inteiros
4 claras de ovos
2 xícaras de aveia cozida

REFEIÇÃO 4: Lanche da manhã
20g de proteína do soro do leite
1 banana média
1 colher de creme de amendoim

REFEIÇÃO 5: Almoço
1 lata de atum branco
1 colher de maionese light 2 fatias de pão integral
1 xícara de morangos

REFEIÇÃO 6: Lanche da tarde
1 xícara de requeijão light
1/2 xícara de abacaxi em pedaços
6 bolachas integrais

REFEIÇÃO 7: Jantar
250g de salmão na chapa
1 xícara de arroz integral cozido
2 xícaras de brócolis
2 xícaras de salada verde
2 colheres de azeite de oliva e vinagre

REFEIÇÃO 8: Antes de dormir
20g de proteína Caseína
28g de nozes, amêndoas ou avelãs

TOTAL: 3.392 CALORIAS, 299G DE PROTEíNAS, 333G DE CARBOIDRATOS E 96G DE GORDURAS

Nota: as proteínas devem ser batidas somente com água.

Forte abraço a todos(as) e ótimos treinos

COMA NA HORA CERTA! - Treinando ao meio-dia

TREINANDO AO MEIO DO DIA

Caso treine no final da manhã (horário de almoço), é bom ter um trabalho que lhe permita comer neste horário. Assim como o atleta matutino, é necessário preparar-se para treinar com batidas de proteínas e fa­zer uma refeição sólida uma hora após a suplementação pós-treino. Isso pode significar comer durante o seu trabalho.

SUPLEMENTOS PARA TREINADORES VESPERTINOS

Há suplementos que agem melhor no organismo se ingeridos com o estômago vazio e outros com o estô­mago cheio. E isso você deve saber caso treine neste horário. Isto o ajudará a preparar um plano de alimen­tação de modo que seus suplementos possam facilitar o desenvolvimento muscular.

1 - Ao acordar
Tome vitamina de 20g de proteína (l0g de proteína do soro do leite e l0g de proteína da soja), 5 a l0g de BCAA e 20 a 30g de carboidratos provenientes da fruta. Assim, interrompe-se o catabolismo noturno e potencializa-se a Testosterona para o desenvolvimento muscular. A soja au­mentará o fluxo sangüíneo e os níveis de NO e os aminoá­cidos podem chegar mais facilmente aos músculos.

2 - Antes do trabalho
Faça um bom café da manhã 30 a 60 minutos após a primeira refeição. Ingira 30 a 40g de proteína de quali­dade como, por exemplo, 6 claras de ovo e 2 a 3 gemas e 40 a 60g de carboidratos (complexos) de digestão lenta, que oferecem energia duradoura e permitem potencia­lizar a perda de gordura ao longo do dia.

3 - 1 hora antes de treinar
Tome 3 a Sg de Arginina. Isso potencializará os ní­veis de NO e, portanto, o fluxo sangüíneo e o aporte de nutrientes aos músculos durante o treinamento.

4 - 40 minutos antes de treinar
Tome um vitaminado de 20g de proteína (10g do soro + 10g de soja), 5 a 10g de BeM, 3 a 5g de Crea­tina (substituir por Óxido Nítrico - NO) e 20 a 40g de carboidratos de digestão lenta. A combinação oferece energia suficiente durante o treinamento (caso queira perder gordura e fazer exercícios aeróbios no final do treino, reduza a quantidade de carboidratos).

5 - Pós-treino
Assim que terminar a última repetição, ingira 3 a 5g de Arginina para potencializar a recuperação e o desen­volvimento dos músculos.

6 - 30 minutos depois de treinar
Aqui é quando começa o desenvolvimento muscular.
Tome um vitaminado com 40g de proteína do soro do leite, 5 a 10g de BCM, 3 a Sg de Creatina (substituir por Óxido Nítrico - NO) e 40 a 80g de carboidratos de digestão rápida.

7 - 1 hora após o treino
Está com fome? É normal. Faça uma refeição com­posta de 30 a 40g de proteína magra e aproximadamen­te 40g de carboidratos de digestão lenta.

REFEIÇÕES PARA TREINADORES VESPERTINOS

As dicas a seguir levam em consideração um indiví­duo que treina, pesa entre 70 e 90kg, quer aumentar o seu volume muscular e perder gordura. Caso seu peso não seja este, procure ajustar as quantidades de alimen­tos. Procure ingerir aproximadamente 40 calorias, 3g de proteínas, 4,Sg de carboidratos e l,lg de gordura por quilo de peso corporal diariamente.

REFEIÇÃO 1: Primeira refeição
10g de proteína do soro
10g de proteína de soja
1 xícara de morangos

REFEIÇÃO 2: Café da manhã

3 ovos inteiros
3 claras de ovo
2 xícaras de aveia cozida

REFEIÇÃO 3: Pré-treinamento

10g de proteína do soro 10g de proteína de soja
1 laranja grande

REFEIÇÃO 4: Pós-treino

40g de proteína do soro
600ml de bebida esportiva (isotônicos)

REFEIÇÃO 5: Almoço

1 lata de atum branco
1 colher de maionese light
2 fatias de pão integral
1 xícara de morangos

REFEIÇÃO 6: Lanche da tarde

1 xícara de requeijão semidesnatado
1/2 xícara de abacaxi em pedaços
6 bolachas integrais

REFEIÇÃO 7: Jantar

250g de salmão na chapa
1 xícara de arroz integral cozido
2 xícaras de brócolis
2 xícaras de salada mista
2 colheres de azeite de oliva e vinagre

REFEIÇÃO 8: Antes de dormir

20g de proteína de Caseína
28g de nozes, amêndoas ou avelãs

Total: 3.333 CALORIAS, 297G DE PROTEíNA, 324G DE CARBOIDRATOS E 93G DE GORDURA

Nota: as proteínas devem ser batidas somente com água.

Forte abraço a todos(as) e ótimos treinos.

COMA NA HORA CERTA! - Treinando a Noite

TREINANDO À NOITE

Muitas pessoas treinam após o trabalho. Devido ao horário, é preciso estar atento a dois fatores, principal­mente quando se pretende perder gordura e aumentar o volume muscular. Primeiro, em relação à quantidade de carboidratos a serem ingeridos. No entanto, não é complicado resolver: é só não exceder na sua ingestão. Uma quantidade de 30 a 40g é suficiente para manter ou aumentar a massa muscular. Segundo, em relação ao uso de termogênicos antes do treino. Neste caso, o uso deste suplemento pode influenciar na quantidade e qualidade do sono, o que é contra-produtivo para o treinamento e os resultados.

SUPLEMENTOS PARA TREINADORES NOTURNOS

A ingestão dos suplementos está ligado ao horário no qual iremos treinar. Quando treinamos à noite, de­vemos usar menos suplementos no período da manhã, exceto os vitaminados de proteínas.

1 - Ao acordar
Tome uma batida com 10g de proteína de soro, 10g de proteína de soja, 5 a 10g de BCAA e uma fruta que ofereça de 20 a 30g de carboidratos. Deste modo, in­terrompemos o processo catabólico e potencializamos o uso da Testosterona presente na corrente sangüínea. A soja aumenta os níveis de NO, o que leva os aminoáci­dos e as proteínas até os músculos.

2 - Antes de trabalhar
Tome um bom café da manhã 30 a 60 minutos após a primeira refeição. Ingira 30 a 40g de proteínas (2 a 3 ge­mas e 6 claras de ovo) e 40 a 60g de carboidratos (com­plexo) de digestão lenta. Esta combinação irá oferecer energia ao corpo e ao cérebro para enfrentar melhor seu trabalho no período da manhã.

3 - Uma hora antes de treinar
Tome 3 a Sg de Arginina e, assim, aumentará o fluxo sangüíneo nos músculos durante o treinamento. Depen­dendo da hora do treinamento e da hora que for dormir, evite tomar um potencializador de NO que contenha Cafeína ou diminua sua quantidade em relação ao que toma durante outras horas do dia.

4 - 30 minutos antes de treinar
Tome uma vitamina com 10 gramas de proteínas do soro do leite, 10g de proteína de soja, 5 a 10g de BCM, 3 a Sg de Creatina (substituir por Óxido Nítrico - NO) e 20 a 40g de carboidratos (complexos) de digestão lenta. Os carboidratos são importantes para manter os níveis de energia, caso não utilize um estimulante de NO.
Ingerir de 200 a 400mg de Cafeína irá ajudá-Io no treinamento, mas caso só treine à noite, é necessário saber como seu corpo reage a esta substância. Algumas pesquisas demonstram que a Cafeína ingerida antes do treinamento pode aumentar notoriamente a força e a resistência; no entanto, se ela atrapalha seu sono, isso não vale a pena.

5 - Imediatamente após o treino
Ingira mais Arginina: entre 3 a 5g de NO.

6 - 30 minutos após o treino
Tome uma batida que contenha 40g de proteína do soro do leite: se tomar antes, vai diminuir os benefícios da Arginina. Utilize também 5 a 10g de BCM, 3 a Sg de Creatina (substituir por Óxido Nítrico - NO) e 30 a 40g de carboidratos de digestão rápida, que pode ser procedente de uma bebida isotônica. Se for deitar antes de completar duas horas do final do treino, substitua as 20g de proteína do soro do leite por 20g de proteína da Caseína e não faça a dica 7.

7 - 1 hora antes de deitar
Tome uma vitamina de 20g de proteína de Caseína.
Esta proteína de digestão lenta contribui durante a noi­te com um fluxo contínuo de aminoácidos e impede que o corpo utilize a proteína muscular como combustível.

REFEIÇÕES PARA TREINADORES NOTURNOS

Um aspecto positivo do treinamento no final da tar­de ou início da noite é que toda refeição feita durante o dia pode ser utilizada como combustível. Por isso, é importante comer bem durante todo o dia.

As dicas levam em consideração um indivíduo que treina, pesa entre 70 e 90kg, e quer aumentar o seu volume muscular e perder gordura.
Caso seu peso não seja este, procure ajustar as quantidades de comida. Procure ingerir aproximada­mente 40 calorias, 3g de proteínas, 4,5g de carboi­dratos e 1, 19 de gordura por quilo de peso corporal diariamente.

REFEIÇÃO 1: Primeira refeição

10g de proteína do soro
10g de proteína de soja
1 xícara de morangos

REFEIÇÃO 2: Café da manhã

3 ovos inteiros
3 claras de ovo
2 xícaras de aveia cozida

REFEIÇÃO 3: Lanche da manhã

1 medida de proteína do soro do leite
1 banana média
1 colher de pasta de amendoim

REFEIÇÃO 4: Almoço

1 lata de atum light
1 colher de maionese light
2 fatias de pão integral
1 taça de morango

REFEIÇÃO 5: Lanche da tarde

1 xícara de queijo semidesnatado
1/2 xícara de abacaxi em pedaços
1 xícara de morango

REFEIÇÃO 6: Jantar

250g de salmão na chapa
1 xícara de arroz integral
2 xícaras de brócolis
2 xícaras de salada verde
2 col. de azeite de oliva e vinagre

REFEIÇÃO 7: Antes de treinar

10g de proteína do soro do leite
10g de proteína de soja
1 laranja grande


Forte abraço a todos(as) e ótimos treinos.

domingo, 9 de novembro de 2008

Anabolizantes


Bom pessoal, hoje vou falar mais uma vez de anabolizantes. (Sou o de amarelo na foto)

Não irei relatar sobre os danos que os mesmos causam à saude, mas sim um fato que ocorreu comigo. (Não é um fato inédito pra mim, já ocorreu isso outras vezes).

Gasto mensalmente cerca de R$ 150,00 em suplementos. Tenho aqui em minha casa um bom estoque de Whey Protein, Creatina, Natubolic, Aminoácidos e L-Carnitina.

Fora os gastos com um estoque interminável de carne de frango, ovos, leite, frutas, enfim, diversos alimentos pra tentar manter uma alimentação saudável.

Sou um humilde Personal, passo 5 dias da semana tentando treinar que não tem interesse, treino também algumas pessoas que levam o nosso esporte a sério.
Tento conciliar os meus treinos com Faculdade, descanso, lazer, namorada, alimentação, família e etc.

Agora vocês devem se perguntar: Que diabos isso tem a ver com anabolizantes?

O fato é que dentro da própria academia onde eu treino e sou Personal, correm boatos escrotos e sem nexo algum que eu sou um "usuário de anabolizantes", (tomo bomba como falam ultimamente).

Estranho é que todos conhecem o meu estilo de treino, Hardcore. Mesmo assim insistem em falar asneiras. Falo abertamente a todos sobre os benefícios da suplementação, descanso e treinos corretos, e falo abertamente também sobre todos os pontos negativos dos anabolizantes. Tento me informar sobre tudo a respeito, acreditem, tenho praticamente mentalizado todas as linhas das bulas do Hemogenim, Deca Durabolin, Durateston, Proviron, ADE, Genadrag, Winstrol e muitas outras, mentalizo em especial os efeitos colaterais.

Agora vocês devem se perguntar, o que o blogger quer dizer com isso?

Simples. Acredito que a grande maioria que treina sério e obtém bons resultados, já passou por isso que passei hoje, FOI INSULTADO, taxado de bombado sem sequer fazer uso de anabolizantes.

Quero dizer que não desanimem com isso, a inveja deve ser encarada como uma forma de superioridade. Reparem bem os tipos que nos taxam assim: Pobres frangos anêmicos, meros seres dignos de pena e tratamento indiferente.

Sigam em frente, repito mais uma vez. Treinem sério, leiam e aprendam sobre tudo. Ignorem essa palavra anabolizantes. Isso não faz sentido algum pra nós, não precisamos disso, somos um grupo seleto, somos HARDCORE!!!

Enquanto estivermos na boca de seres assim, quer dizer que somos destaque, quer dizer que querem ser como nós e não conseguem.

A quase 7 anos quando iniciei meus treinos, eu teria fica puto com um comentário assim, hoje, eu simplesmente dei risadas.

Forte abraço a todos e ótimos treinos.

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Vídeos de Treinamentos - Ronnie Coleman

Saudações!!!

Recentemente criei uma enquete sobre o que está faltando em nosso blog, até o momento a resposta que obteve mais votos foi a de vídeos sobre treinamentos de fisiculturistas.

Então vou postar aqui alguns links do Youtube sobre os treinamentos, rotina e etc dos fisiculturistas.

Vou criar um post de cada, e assim que descobrir novos vídeos, vou atuliazar os posts pra não ter que postar sempre que achar algum novo. Então fiquem atentos.

Espero que gostem e que sirva de motivação a todos nós.

Ronnie Coleman Training video: http://www.youtube.com/watch?v=0HmvkqJFnf0

Ronnie Coleman Training video 02: http://www.youtube.com/watch?v=c2Bo30OADJ8

Ronnie Coleman Training: http://www.youtube.com/watch?v=ncjU7xpmSyc

Ronnie Coleman Training video 03: http://www.youtube.com/watch?v=v1e6uuC3TsI

Ronnie Coleman Training 02: http://www.youtube.com/watch?v=LZpcsPrJ-yU

Ronnie Coleman Training Mr. Olympia 800 lbs 363kg The BEST: http://www.youtube.com/watch?v=hMHivnuaAIM

Ronnie Coleman Training Biceps: http://www.youtube.com/watch?v=KGU9OLW7k7Y

Body Building - Ronnie Coleman Training: http://www.youtube.com/watch?v=4JQQsQRVhh4

Body Building - Biceps Training Ronnie Coleman: http://www.youtube.com/watch?v=MBPQCklALOU

Xtreme Training Ronnie Coleman 2300 lbs: http://www.youtube.com/watch?v=E3Dd1PVvI3E

Ronnie Coleman trains hams: http://www.youtube.com/watch?v=vSo2hbLrLJI

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Água - Um nutriente mais do que vital

Um dos elementos de vital importância ao funcionamento do organismo, onde desempenha diversos papéis dentro do metabolismo, tais como o transporte e dissolução das substâncias alimentares, regulagem do equilíbrio térmico orgânico, além de ser utilizada nas trocas osmóticas que ocorrem entre as diferentes células do organismo. O conteúdo hídrico orgânico esta situado em torno de 60% do peso corporal, sendo a água constituinte de aproximadamente 83% do volume sangüíneo, 75% da massa muscular, 22% da massa óssea e 10% do tecido adiposo. O conteúdo de água no organismo é decorrente do balanço hídrico corporal, que reflete o estado de hidratação do organismo, onde uma diminuição de 20% deste conteúdo pode acarretar a morte. Sendo esta variável obtida mediante a diferença entre a quantidade de água ingerida e excretada. Dentro da dieta as principais fontes de obtenção de água são os líquidos, que representam aproximadamente 70% das quantidades ingeridas e, os alimentos que contribuem com os 30% restantes. Existe ainda a obtenção de pequenas quantidades de água pelo organismo decorrente das reações metabólicas para obtenção de energia, principalmente através da quebra do glicogênio, que é armazenado em combinação com moléculas de água dentro do organismo. As perdas de água pelo organismo ocorrem mediante a transpiração, a respiração e através das excreções de urina e fezes. Um ser humano adulto necessita de cerca de 3 litros de água em estado basal, sendo que esta necessidade aumentara de acordo com diversos fatores como a atividade física, temperatura, umidade do ambiente, idade, sexo e massa corporal do indivíduo. (Gastelu&Hatfield,1997)

Forte abraço a todos(as) e ótimos treinos

Atletas precisam comer carne

Estudo com duração de 12 semanas, examinando o papel desempenhado pelo consumo de carne comparado a treinamento com pesos, os pesquisadores da Universidade Estadual Penn, constataram que uma dieta contendo carne foi superior a uma dieta com leite/ovos/vegetais em termos de ganho de massa muscular esquelética. Participaram 19 homens acima do peso, com idades entre 53 e 69 anos, com cerca de 30% de gordura. Nove deles consumiram uma dieta que derivava de proteínas de 15 a 17% do valor calórico da dieta, sendo que 50% eram provenientes de carnes (aves, bovinos, peixe) cerca de 15% proveniente de ovos e laticínios e cerca de 35% de fontes vegetais. Os outros 10 consumiram uma dieta de leite/ovos/vegetais com 12 a 15% do valor calórico total da dieta vinda das proteínas, 40 % vindas de ovos e laticínios e o restante de fontes vegetais. Embora as fontes de proteína fossem diferentes, o total de proteínas ingerido por cada grupo não apresentou diferenças significativas. Os sujeitos de ambos os grupos melhoraram sua resistência em até 38% sem diferenças entre "carnívoros" e "vegetarianos", mas os pesquisadores encontraram uma diferença positiva na composição corporal. O grupo leite/ovos não apresentou alteração n massa graxa além de apresentar uma leve queda (cerca de 1,2%) na massa corporal magra, enquanto que os comedores de carne tiveram uma queda de 4,6% na massa graxa juntamente com um acréscimo de 2,7% na massa corporal magra.

Forte abraço a todos(as) e ótimos treinos

Massa NO Xplode - Série sobre suplementos


Massa NO Xplode - Probiótica
Massa NO Xplode® contém matérias-primas da mais alta qualidade e componentes que atuam como substrato para a produção do óxido nítrico, sendo adicionado de 2 fórmulas potencializadoras, Prebiotic®: composta por frutooligossacarídeos (FOS) e inulina, fibras que reconstituem a flora intestinal melhorando a absorção de nutrientes, e Absormax® composta por papaína e fibra de abacaxi c/bromelina, importantes no processo de digestão das proteínas, contém ainda proteína hidrolisada do trigo que, como toda proteína hidrolisada do trigo, fornece naturalmente glutamina peptídeo. A porção diária com leite fornece em média 1700 calorias.
Ingredientes
Maltodextrina, Glucose desidratada, Clara de Ovo desidratada, proteína concentrada do soro do leite (whey protein), soro de leite, cacau em pó, , PrebioticÒ (frutooligossacarídeos (FOS) e inulina), extrato de malte seco, AbsormaxÒ (fibra de abacaxi (bromelina) e papaína), cálcio arginina quelato, óxido de magnésio, proteína isolada do soro do leite, proteína hidrolisada do trigo, magnésio arginina quelato, vitaminas (niacina, ácido pantotênico, riboflavina, B6, tiamina, ácido fólico) e Aromatizante. CONTÉM GLÚTEN
-Sabor banana: Aromatizante e corantes artificiais: tartrazina e amarelo crepúsculo.
-Sabor pessego: Aromatizante e corantes artificiais: tartrazina e amarelo crepúsculo.
-Sabor morango: Aromatizantes e corante natural cochonilha.
-Sabor chocolate: Aromatizante.
-Sabor Baunilha: Aromatizante
Indicação / Objetivo
Indicado para atletas que, devido ao alto gasto energético em função dos treinos e competições, necessitam de nutrientes e calorias extras.
Forte abraço a todos(as) e ótimos treinos.

Monster Nitro Pack NO2 - Série sobre suplementos

Monster Nitro Pack NO2 - Probiótica
Monster Nitro Pack NO2® é composto por uma combinação ideal de nutrientes proveniente de proteínas de alto valor biológico como a Whey Protein (Proteína do soro do leite) concentrada e hidrolisada, glutamina peptídeo (proteína hidrolisada do trigo), BCAA´s, guaraná, vitaminas, antioxidantes e minerais quelatos com arginina.
Ingredientes
Cápsula Azul e Branca - L-Leucina, L-Isoleucina, L-Valina e Vitamina B6,cápsula de gelatina ( gelificante gelatina,corante inorgânico,dióxido de titânio e corantes artificiais: azul brilhante FCF e eritrozina).
Tablete Oblongo Grande - Proteína do soro do leite (Whey Protein Concentrada e hidrolisada), amido, proteína hidrolisada do trigo, glucose desidratada e óxido de magnésio.
Cápsula Azul e Preta - Cálcio arginato quelato, cápsula de gelatina (gelificante gelatina:corante inorgânico dióxido de titânio e corantes artificiais: azul brilhante FCF, amarelo crepúsculo, ponceau 4R e vermelho azorubina), mix de vitaminas (niacina, vitamina B2, e ácido fólico), magnésio arginina quelato, óxido de magnésio, zinco alpha-cetoglutarato e antiumectante dióxido de silício.
Tablete Oblongo - Proteína do soro do leite (Whey Protein), Proteína hidrolisada do trigo (Glutamina Peptídeo) e óxido de magnésio.
Tablete Vinho - Ácido Ascórbico, corante natural de antocianina, antiumectante dióxido de silício e glaceante goma laca.
Tablete Pequeno Redondo - Vitamina E (acetato de tocoferol), Amido, Clara de ovo e Óxido
Cápsula Verde e Vermelha - Guaraná em Cápsula
Cápsula Branca Pequena - Concentrado de Cálcio do Leite, Carbonato de Cálcio e Cápsula de gelatina.
Indicação / Objetivo
Indicado para atletas em treinos moderados e intensos, que desejam uma musculatura mais definida e aparente.
Forte abraço a todos(as) e ótimos treinos

Amino Fluid 37000 NO2 - Série sobre suplementos

Amino Fluid 37000 NO2 - Probiótica

Amino Fluid 37000 NO2® é elaborado a partir de um revolucionário processo de hidrólise enzimática de proteínas que fornecem naturalmente arginina, aminoácido utilizado como substrato na formação de Óxido Nítrico (NO), além da adição da fórmula Nitropro® composta por concentrados de uva e açaí, Magnésio-Arginina-Quelato e vitaminas que atuam como co-fatores para formação e proteção do Óxido Nítrico (NO) no organismo.

Ingredientes:

Propeptid® [Fórmula composta por Proteína do Soro do Leite (Whey Protein) e Colágeno Hidrolisado], Água, Xarope de Frutose, Nitropro® (Concentrado de uva, concentrado de açaí, Magnésio-Arginina-Quelato), Proteína Isolado do Soro do Leite Microfiltrada (Whey Protein Isolate Microfiltrate - CFM), Proteína hidrolisada do trigo, Óxido de Magnésio, Niacina, Pantotenato de Cálcio, Vitaminas B6, B1 e Ácido Fólico, acidulante Ácido cítrico, conservantes Sorbato de potássio e Benzoato de sódio. CONTÉM GLÚTEM.

*Sabor morango: Aroma natural de morango e corante artificial vermelho 40.
*Sabor ameixa: Aroma natural de ameixa e corantes artificiais.
*Sabor cereja: aroma artificial de cereja e corante artificial vermelho 40.
*Sabor uva: Aroma natural de uva e corantes artificiais.

Indicação / Objetivo

Quatro colheres (60ml) de Amino Fluid fornecem 37000 mg de aminoácidos de alta qualidade, que são prontamente absorvidos, proporcionando ao atleta um balanço nitrogenado positivo, necessário para que haja hipertrofia muscular, e também um aumento na oferta de energia.

Forte abraço a todos(as) e ótimos treinos.