segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Fazendo centenas de abdominais diários você vai conquistar um abdômen trincado?

Para quem não conhece os Caçadores de Mitos ou “MythBusters” eles são dois especialistas em efeitos especiais que testam as mais variadas crenças populares para comprovar se passam de mitos ou verdades. Como por exemplo o mito do pássaro que quebra o parabrisa do avião ou dos soldados que passam marchando em sincronia sobre uma ponte, podem derrubala, entre muitos outros. Mas o que isso tem a ver com levantamento de pesos, treinamento, nutrição ? Assim como existem crenças populares no nosso dia-a-dia, na musculação também. E com o passar do tempo iremos abordar os mais diferentes assuntos e comprovar se são mitos ou verdades.

Mito #1: Para se conquistar um abdômen “trincado” você tem que seguir uma rotina de centenas de abdominais diários.

Trincado na linguagem popular das academias, significa definido. Ter o abdômen definido é ter os famosos “gominhos” ou tanquinho como as mulheres gostam. Várias pessoas, as vezes até mesmo orientadas pelos instrutores, fazem centenas de abdominais diariamente buscando definição nessa região. Mas será que essa é a melhor maneira ?

Primeiramente, o abdômen é um músculo como qualquer outro e deve ser tratado como tal. Você que busca hipertrofia muscular, já imaginou treinar o peitoral com centenas de repetições diárias ? Você que tem o mínimo de conhecimento, sabe que não vai chegar a lugar nenhum desse jeito.

Falamos da hipertrofia muscular, agora a definição é outra história. Para definir tanto o abdômen como qualquer outro grupo muscular, primeiramente você tem que ter uma quantidade significativa de massa muscular e em segundo ter um índice de gordura relativamente baixo. Não adianta nada ter o abdômen musculoso se tem uma pança de chopp por baixo, ou seja, quanto menor for o seu índice de gordura, maior será a definição e os musculos ficaram com mais forma.

Então as centenas de abdominais diários não serão efetivos se você tiver gordura acumulada na região abdominal. Você vai ter que malhar o abdômen como qualquer outro músculo, porém reconhecendo a rápida recuperação do mesmo, você pode treinar um dia sim, um dia não e impor carga nos exercícios, fazer 30 abdominais com carga é muito melhor que fazer 500 até a boca ficar seca, sem nenhuma carga.

E para buscar a tão almejada definição, é só com dieta e aeróbicos para baixar o índice de gordura. Preciso prolongar esse assunto ? MITO COMPROVADO!

Forte abraço a todos(as) e ótimos treinos.

2 comentários:

Malu disse...

Era exatamente oi que eu precisava saber, pois tenho barriguinha e quero definir o meu abdomen, mas a correria me impede de frequentar uma academia. Trabalho, faço faculdade, tenho um filho e aos finais de semana passeio de bicicleta aproximadamente umas duas horas, tenho 37 anos e preciso me cuidar...o que fazer???
Malu

Landerson disse...

Olá Malu, que bom que achou interessante. A idade não é problema algum, nós só envelhecemos mesmo é na cabeça, rsrs. O certo é ficar atenta à alimentação, reduzir açúcares e gorduras. Disse reduzir, não cortar. Muitas pessoas pensam que cortando o açúcar e gorduras irão emagrecer. Isso é uma bela ilusão! Nosso organismo precisa deles tanto quanto precisa das proteínas, carboidratos e vitaminas, mas logicamente, na quantidade certa.

Ficando atenta a esses detalhes, e realizando exercícios regularmente (natação, aeróbica, bicicleta, esteira, caminhadas) e outros que facilitam a queima de gordura, em breve você notará um avanço em seu propósito. Citei esses exercícios pois achei que eles se enquadrariam melhor pela rotina de vida que você me citou.

Queria deixar um exemplo meu aqui, não pra me gabar, mas pra que possa ver o que exercícios fazem: Devido a um acidente automotivo, tive que ficar sem treinar por cerca de 5 meses. Fiquei sem sair da cama por esse período, ou seja, tudo o que eu consumia, virava depósitos em meu organismo, pois não fazia nada pra queimar as gorduras ou outras coisas que nosso organismo precisa eliminar. Resultado, engordei 25 quilos. Logo que me reestabeleci, voltei aos treinos, e com dedicação, uma boa alimentação, não perdi os 25 kg, mas sim 27!!!

Isso mostra que qualquer um que realmente quer alguma coisa, pode conseguir desde que busque intensivamente.

Forte abraço e espero ter ajudado.